Arrolamento de bens e inventário

De maneira simples pode-se dizer que o arrolamento sumário é uma forma mais simples de inventário.


O Código de Processo Civil Brasileiro pontua que havendo consenso entre os herdeiros quanto à partilha dos bens, e estes, somados, não ultrapassem o valor de 1.000 salários mínimos, o Juiz pode, de plano, homologar a partilha.


Então o arrolamento é muito mais célere do que o inventário, queimando algumas etapas e chegando ao fim mais rapidamente.


27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Por incrível que pareça, pode ocorrer que após o término do inventário seja descoberto um bem que não foi inventariado. O primeiro ponto a se destacar é que mesmo na hipótese do inventário ser sido re

O inventário é um processo em que é feito o levantamento de todo o patrimônio deixado pelo(a) falecido(a), patrimônio este que inclui bens, direitos e dívidas. Feito este levantamento, ao final do pro

A pergunta acima é de extrema importância e relevância, e a resposta é SIM! O prazo para abertura do inventário é de 60 dias contados a partir da data de falecimento. Ao contrário do que muito acredit